Revoltada!!!

Oi pessoal... estou revoltada com o que está acontecendo em nosso País!!!

Leis de tânsito que facilitam a vida do motorista BÊBADO imprudente que mata e sai impune, que paga fiança e sai dirigindo novamente, e pior, sem ser confiscada sua carteira de motorista, que assume o risco de matar quando bebe e sai pilotando seu automóvel feito um louco... mata e...sai livre!!!
Direitos humanos... que avaliam e defendem os assassinos, estupradores, drogados... entre outros... mas defender os direitos do trabalhador honesto que perde um ente querido, que paga seus impostos e batalha para educar seus filhos... onde está os direitos humanos???

Onde estão nossos governantes nisso tudo??? Nós os colocamos lá!!!!

Onde estão nossos direitos a saúde pública com integridade, a segurança de andar nas ruas sem sermos alvejados por munição roubadas da própria polícia ou até mesmo alvejados por um bêbado que usa seu automóvel como arma, e pior, essa pessoa tem noção disso! Onde estão os DIREITOS HUMANOS de pais que perdem seus filhos para nossos governantes que estão se perdendo em suas funções, desrespeitando o voto do povo, que confiou no seu caráter... Até onde deixaremos isso acontecer??? Até onde vamos???

Revidar com a mesma violência ao qual somos tratados, sabemos que não é a forma correta... mas devemos abrir os olhos da população que quer justiça e uma vida digna, segura e educada. Mobilizar e cobrar daqueles no qual colocamos no poder... respeito e dignidade. Temos que fazer nossa parte, para que com nosso exemplo, eles talvez façam a parte deles.

Eu quero respeito, saúde e segurança... e você???

RECEBI ESTE COMENTÁRIO NO ORKUT... LEIA E REFLITA!!!

Comentários de um GAY sobre o movimento "patrocinado pela Rede Globo"



Enfim, alguém tremendamente lúcido, inteligente, esclarecido e principalmente uma pessoa que RESPEITA E MERECE respeito.



...
Tenho 42 anos, sou gay, torcedor do cruzeiro, advogado e moro em Londres.

Nunca sofri nenhum tipo de discriminação em virtude de minha orientação sexual.

E como gay, penso que tenho alguma autoridade nesse assunto.

Primeiramente - e já contrariando a turba - gostaria de expressar minha sincera simpatia pelo Deputado Bolsonaro, que no fundo deve ser uma pessoa de uma doçura ímpar, apesar de suas manifestações "grosseiras e/ou politicamente incorretas".

Mas ele está corretíssimo em suas ponderações sobre as ideais dos gays brasileiros.

Vou direto ao assunto.

Nunca tive problemas em ser homossexual porque sou uma pessoa comum, quase igual à vida de qualquer heterossexual.

Esse negócio de viver a vida expressando diuturnamente sua sexualidade é uma doença.

A sexualidade é algo que se encontra na esfera da intimidade e não diz respeito a ninguém, hetero ou homosexual.



Não tenho trejeitos e não aprecio quem os tem.



Para mim, qualquer tipo de extremo é patológico.

Minha vida é dedicada e focada em outras coisas, principalmente o trabalho.

Outros, como doentes que são, vivem a vida focados na sexualidade.

O machão grosseiro e mulherengo ou a bicha louca demonstram bem estes extremos.

Qualquer tipo de pervertido ou depravado (como a Preta Gil), o pedófilo, estão neste mesmo barco.



Nunca fui numa parada gay e jamais irei, pois para mim aquilo é um circo de loucas horrorosas, uma apologia à bizarrice e à cocaína.

Sejam francos e falem a verdade!

Hoje aplaudimos o bizarro e a perversão doentia e ainda levamos nossos filhos pra assistir esses desfiles.

Se a parada gay realmente fosse um ato político, relembrando sua real importância histórica, muita bem caberia no carnaval - abrindo o desfile das escolas de samba. Muito mais apropriado.

Está rolando sim, um movimento das bichas enlouquecidas, no sentido de transformar o mundo num grande puteiro-hospício gay.



Eu tenho um sobrinho de 11 anos e nunca senti a necessidade de explicar para ele que o "titio é gay" - isto é uma palhaçada.

As crianças devem ser educadas no sentido de respeitar o próximo e ponto.

Isto engloba tudo.

Se pararmos para olhar como o mundo se encontra, temos que reconhecer que o modelo de educação que se desenvolve há décadas foi criado no sentido de deseducar e desestruturar cultural e intelectualmente as massas.



Universidades por todo mundo vomitam milhões de pseudos-intelectuais todos os anos, mas tudo piora a cada dia e caminhamos a passos largos para o buraco.



Todos os governos do mundo conspiram contra seus próprios cidadãos e se transformaram em grandes máfias, junto com os Bancos e as Corporações estão levando tudo, inclusive (e principalmente) nossa própria humanidade.



A corrupção se alastra pelo globo e nunca vimos tantas guerras e descrições que vão desde o aspecto moral, até o material - a destruição de nosso próprio planeta.



A coisa está tão feia, mas tão feia, que somente uma intervenção "divina" é capaz de frear nossos insanos governantes e a turba alucinada.


E digo mais !

Os maiores interessados no crescimento desse movimento gay são os diretores dessa TV desumana, a Globo, que no fundo no fundo, incita as crianças e jovens a assumirem um lado feminino, que em tese, às vezes nem existe de fato.


Se ninguém disser um chega BEM ALTO a coisa sairá dos limites - como já está saindo.



Essa é a expressão de milhares e milhares de pessoas, para não dizer milhões.


Os gays precisam de amor, compreensão,RESPEITO, não de fanatismo apregoado pelas bichas ensandecidas, QUE REPRESENTAM DE FORMA CARICATA ALGO SÉRIO E ÍNTIMO.

...
Opinião da Kathia:

Penso que cada um tem o direito de se expressar como achar correto... alguns extravagantemente, outros de forma alguma, e outros não querendo se expor... mas devemos concordar que o que falta mesmo para evitar confrontos é EDUCAÇÃO AO RESPEITAR O DIFERENTE... ninguém pensa ou age da mesma forma... não posso obrigar ninguém a agir da maneira que eu acho correto, não é???

Deixe sua opinião... passe adiante... sem brigas... sem forçar ninguém a pensar como você!!!

Reflita e... RESPEITE!!!

Grande abraço!!!

FELIZ 2011!!!





Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho. Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem. Mas outras apenas vemos entre um passo e outro. A todas elas chamamos de amigo.

Existem muitos tipos de amigos. Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles. O primeiro que nasce do broto é o amigo pai, o amigo mãe e mostram o que é ter vida. Depois, vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós. Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.

Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar o nosso caminho. Muitos desses, são denominados amigos do peito, do coração. São sinceros, verdadeiros, sabem quando não estamos bem e sabem o que nos faz feliz. Às vezes, um desses amigos do peito está no nosso coração. E então é chamado de amigo namorado, namorada. Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo. Talvez, umas férias, ou mesmo um dia, ou uma hora, quem sabe. Esses costumam colocar muitos sorrisos em nossa face durante o tempo que estamos por perto. Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes, aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra aparecem novamente entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima e perdemos algumas de nossas folhas. Algumas nascem no outro verão e outras permanecem por estações. Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria. Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam o nosso caminho.

Eu desejo a você, folha da minha árvore, paz, amor, saúde, sucesso, prosperidade, hoje e sempre, simplesmente por que cada pessoa é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. E essa é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente que duas almas não se encontram por acaso.

Texto postado em meu perfil no orkut de:
Egidio Mittels.

Obrigado... até a próxima!!!

Kathia Roloff.

NATAL!!!

Olá Pessoal...

O Natal se aproxima e com ele, sentimentos de comfraternização, solidariedade, companheirismo, dedicação, entre outros.

Pergunto:
Qual motivo leva o ser humano a ter estes sentimentos apenas na época em que o Natal se aproxima e chega também o Ano Novo cheio de esperanças? Por quê não ter, estes mesmos sentimentos, todos os 365 dias do ano? Por quê não praticar a cada dia um sentimento nobre pelo próximo?
Será que assim, não sería mais humano, mais íntegro, mais digno?

Deixe-se envolver pelos sentimentos de união, desta época natalina, com seus amigos e familiares durante os ano todo... Policie seus pensamentos e sentimentos em cada momento do seu dia, em cada momento de sua vida. O pensamento tem grande poder em sua vida e é por isso que precisamos dar grande atenção a eles.

Viva como se cada dia fosse o último! Esbanjar amor, solidariedade, harmonia, serenidade, sabedoria, inteligência... Poderia passar muito tempo citando todos os bens que podemos praticar conosco e com nosso próximo todos os dias de nossa vida, mas não acredito ser necessário!
Se praticarmos um sentimento verdadeiramente a cada dia...estaremos fazendo o bem, a nós e ao próximo... Acredite!!!

Não devemos ser amorosos apenas no Natal ou no Ano Novo, mas sim durante nossa vida toda!

Não permita que os maus pensamentos lhe fujam do controle e comandem sua vida.
Você tem o poder de mudar isso agora... então o faça!!!
Crie a partir de agora uma nova meta para bem viver.

Pense o bem...
Faça o bem...
Crie o bem em sua vida...
Ele retornará a você no momento em que você menos espera!

PENSE NISSO!!!

Momento para reflexão!!!


Quando o relógio despertar, agradeça a Deus pela oportunidade de acordar mais um dia.

O bom
humor é contagiante, fale de coisas boas, de sonhos, de amor.

Não se lamente.

Comece a sorrir mais cedo.

Não viva emoções mornas e vazias.

Cultive o seu interior.

Extraia o máximo das pequenas coisas.

Seja transparente e deixe que as pessoas saibam que você gosta delas.

Repense seus valores.

Tudo que tem que ser feito merece ser bem feito.

Torne suas obrigações atraentes, tenha garra e determinação.


Não trabalhe só por obrigação, mas pela satisfação da missão cumprida.

Transforme os seus movimentos em oportunidades.

Ocupe seu tempo crescendo, desenvolvendo habilidades.

Só assim não terá tempo de criticar os outros.

Tenha fé, acredite.

Você pode tudo que quiser!

Finalmente, ria das coisas à sua volta, de seus problemas, de seus erros.

Ria da vida. E ame antes de tudo você mesmo.

A gente é capaz de ser feliz quando é capaz de rir da gente mesmo!


PENSE NISSO!!!

Momento para reflexão!!!


38ª Feira do Livro de Pelotas!


Quem passou pela praça Cel. Pedro Osório antes do dia 29 de outubro, pode observar a movimentação: lonas, estruturas de ferro e madeiras começaram a modificar a paisagem...
Um aroma diferente envolveu a praça a partir do dia 29 de outubro até o dia 15 de novembro...um aroma de literatura, de conhecimanto... foram livros, livreiros e escritores que nos ensinaram a ler, que nos fazem viajar e que ocupam o seu espaço de direito no nosso dia a dia. Uma rotina que deve ser repetida não somente nos dias de feira do livro.



A feira do livro de Pelotas, que neste ano chegou a sua 38ª edição, é um grande evento cultural que abrange toda a região.
Um evento aberto ao público onde reúne livreiros, escolas públicas e privadas, editores, autores e todos aqueles que apreciam livros, de todos os gêneros e que resulta num encontro de pura cultura.

"A praça é do povo como o céu é do condor!"
Poema de Castro Alves citado pelo orador da 1ª feira Dr. Mozart Victor Russomano em 26 de abril de 1960.

A 1ª feira do livro de Pelotas foi oficializada e realizada em 1960 na praça Cel. Pedro Osório. Foi interrompida em 1964 e só voltou a acontecer em 1978 no calçadão da cidade, onde definitivamente começou a fazer parte do calendário cultural da região. A feira do livro de Pelotas retornou a praça em 1993. É uma das mais antigas do RS, superada apenas pela feira de Porto Alegre.

A Responsável pela feira do livro é a Câmara Pelotense do Livro, que chamou para si a realização de um evento dessa magnitude, sempre em parceria com a prefeitura do município.

Um evento que valeu a pena registrar!!!

Até a próxima!